quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

1.1.11 – Um “bom” começo !


Hoje, cara ! 1.1.11. Meu Deus... que punk. Não sou nenhuma noiada, nada contra ok! Só estou, assim meio que APAVORADA Com a data.  Joana relaxa garota, porque o espanto¿ Ah é que falta só 27 dias para eu fazer 28 anos. E daí¿ Orra amiga! Como e daí¿ Não tá vendo minha situação¿ Sem emprego, sem dinheiro, sem namorado, morando com meus pais! Me diga quem é que deseja morar com os pais aos 28 anos, meu Deus Nina, com os PAIS !!!!! Credo Joana, você tá muito doida hoje! Curta esse dia, 1.1.11 você só vai viver uma vez na vida. Graças a Deus Nina. KKKKKKKKKK mas credo. Olha, podia ser pior. Você podia ser feia, mais pobre ainda, sem profissão, ter uma doença rara, sei lá guria, tanta coisa ruim. Ah Nina, você vem com esses papos motivacionais aí, nem rola. To deprê mesmo. Joana... acorda ok¿ ninguém gosta de ler coisas deprê. Han¿ Como assim ler¿ Joana, eu sei que você vai escrever isso no seu blog, ninguém lê seu blog e ainda você vai e me posta um negócio deprê desses!! Nossa amiga, ninguém lê meu blog, ahhhhhhhhhhhhhh ta aí mais uma coisa pra eu ficar mal, além de tudo, sou uma escritora ilegível! KKKKKKKKK Joana ! ilegível¿ ilegível¿ Faça-me o favor né¿ Sim, ilegível, é assim que sou, ninguém Le-me! KKKKKKKKKKK Joana, você tá muito engraçada. Ok então, estamos aqui, sentadas nessa areia gelada, ouvindo o som do mar, muita gente ao redor, tem uns bêbado ali, um casal ... enfim, deixa o casal pra lá, olha só, a vida tá rolando ao seu redor, a vida tá acontecendo, pare de ficar pensando no seu niver ok, e curta o hoje, o agora, pra quê se preocupar, a vida é bela!!!! Nina, valeu mesmo a força, mas eu só queria que esse dia fosse especial, acabamos de começar o ano e já to malzona. Zona... boa ideia Joana, vamos pra zona! KKKKKKKK tá doida mulhé ! Ué, lá a gente se arruma com alguém. Também não zoa né. Eu quero um romance, algo bacana, bonito, tipo filme saca¿ Saco sim, saco uma arma pra te dar um tiro nessa cara lavada tua ! Pare com isso retardada!!!!!! Nossa Nina, quê que houve!¿ Ah, to querendo te distrair e você vem com papo de romance¿¿¿ amor¿¿¿ Tô fora ok¿ se for pra zoar desse jeito, vou pra casa dormir. Eu to afim de curtir, se você não, boa noite! Nina calma guria, volta aqui, eiiiiiiiiiiiiiiiii oh sua Tonga calma!!!!!!!! Caramba a Nina ficou mesmo brava. Poxa vida, só porque levou um fora do namorado, perdeu 500 pila ontem, ta como salário de 540 pila atrasado, esqueceu o biquíni em casa, tá de Chico, pegou piolho, sua parceira de AP saiu fora, molhou o celular no mar, pegou alergia no meio dos dedos do pé, micose nas unhas e ta com mal hálito por causa do estomago quer ficar toda bravinha aí.. poxa, eu só quero romance, enquanto ela só sexo. É, hoje... 1.1.11 começamos bem...

Conto escrito para o blog Duelo de Escritores (http://duelodeescritores.com/), espero que a minha participação seja aceita.

Julie F. de Pádua
Pseudônimo - Nina Valente, Joana Cruz

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Assim


É hora de recomeçar, antes do fim. Momento de reparar no sol, na cor do céu, permitir-se morrer, para pode renascer das cinzas do que fui, para viver a brisa que sempre sonhei em ser. Assim como a águia se retira para longe, se isola, e lá no alto da montanha gelada, fria e solitária, começa a se mutilar, arranca dela tudo o que é velho, tudo o que já passou, e sente dor, muita dor, mas como está isolada, ninguém a ve, ela não permite que ninguém a veja, assim ela bate o próprio rosto no chão para arrancar seu bico, arranca suas penas, sozinha, mas depois de tanta dor, sofrimento e solidão, a águia levanta a cabeça, fita o céu, azul e infinito e pensa: é tudo meu, estou pronta para novos desafios! E então mergulha num voo único, arrebatador, fecha os olhos e deixa o vento conduzir seu caminho. A águia voa livre, já não se lembra do passado, da dor, mas apenas olha pra frente, pois sabe que o que a espera é muito lindo, muito grande, para que o passado possa segurar ou destruir. Nada pode dete-la, pois está renovada, cheia de vida e sonhos. 
Assim sou eu, agredida por mim mesma, mutilada pela necessidade de se livrar de coisas velhas, assim sou eu isolada de tudo, no alto da montanha, tendo apenas Deus como amigo e observador. Assim sou eu, batendo o rosto no chão, deformando quem eu sou para poder seguir livre, voar novamente. Assim sou eu, cansada do passado, vivendo o presente mas com os olhos no futuro. Assim sou eu, procurando a palavra certa, o momento único... assim sou eu, morta, assim sou eu, mutilada, assim sou eu, mulher. Assim sou eu, animal, águia desesperada de dor, assim sou eu fitando o céu azul. Assim sou eu de cabeça erguida e todos poderão contemplar minha vitória, meu salto, meu voo, minha alegria. Assim sou eu, águia. Assim sou eu, ser humano, imperfeita, malvada, doce, insatisfeita, meiga que sabe perdoar. Assim sou eu doente, querida, infeliz, boa. Assim sou eu, velha, inocente, carente querendo amar. Assim sou eu errando, concertando, me explicando querendo mudar. Assim sou eu renovada. Criança brincando de ser feliz. E sendo. Porque na vida, tudo pode acontecer.Até ser feliz.Até ser compreendida, até ser amada. Até ser eu. 

Julie F. de Pádua = eu

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Previsão

Mas que mania de sofrer 
De bem querer o que não é meu
De sonhar um sonho doido
Na madrugada desse dia triste


Ah !eu sei !bem que eu disse...
Quando vi aqueles olhos tristes
Moço calado, de poucas palavras
Maldição de sedução invadiu meu bobo coração.


Bem que eu disse, que isso ia acontecer.
Bateu forte, assim como seu nome,
Forte, corajoso, viril, agüenta qualquer coisa...
Bem que se vê mesmo...
Qualquer coisa.


É... isso aí então né¿ moço bonito de tristes olhos
Nome forte, sorriso encantador.
Veio, ficou um tiquinho de tempo
Já se foi... partiu
E partiu meu coração já cansado de sofrer
Mas que ainda não desistiu e nem vai
Pois isso há de passar um dia
Só falta encontrar a pessoa certa.


Julie
18.12.2010

Pra você guardei o amor

Pra Você Guardei o Amor
Nando Reis
Composição: Nando Reis
Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir
Pra você guardei o amor
Que sempre quis mostrar
O amor que vive em mim vem visitar
Sorrir, vem colorir solar
Vem esquentar
E permitir
Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar
Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar
Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar
Pra você guardei o amor
Que aprendi vem dos meus pais
O amor que tive e recebi
E hoje posso dar livre e feliz
Céu cheiro e ar na cor que o arco-íris
Risca ao levitar
Vou nascer de novo
Lápis, edifício, tevere, ponte
Desenhar no seu quadril
Meus lábios beijam signos feito sinos
Trilho a infância, terço o berço
Do seu lar
Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar
Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queimar
Pra você guardei o amor
Que nunca soube dar
O amor que tive e vi sem me deixar
Sentir sem conseguir provar
Sem entregar
E repartir
Quem acolher o que ele tem e traz
Quem entender o que ele diz
No giz do gesto o jeito pronto
Do piscar dos cílios
Que o convite do silêncio
Exibe em cada olhar
Guardei
Sem ter porque
Nem por razão
Ou coisa outra qualquer
Além de não saber como fazer
Pra ter um jeito meu de me mostrar
Achei
Vendo em você
E explicação
Nenhuma isso requer
Se o coração bater forte e arder
No fogo o gelo vai queima

Devolve moço

Devolve, moço

Ana Cañas

Existe aqui uma mulher
Uma bruxa, uma princesa
Uma diva, que beleza!
Escolha o que quiser
Mas ande logo
Vá depressa
Nem se atreva
A pensar muito
O meu universo
Ainda despreza
Quem não sabe
O que quer...
Meu coração
Eu pus no bolso
Mas apareceu um moço
Que tirou ele dali
Não!
Isso não é engraçado
Um coração, assim, roubado
Bate muito acelerado...
Devolve, moço
Devolve, moço
O meu coração
No bolso...(2x)

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

A Idade de Ser Feliz



Existe somente uma idade para a gente ser feliz, 
somente uma época na vida de cada pessoa 
em que é possível sonhar e fazer planos 
e ter energia bastante para realizá-las 
a despeito de todas as dificuldades e obstáculos. 


Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente 
e desfrutar tudo com toda intensidade 
sem medo, nem culpa de sentir prazer. 


Fase dourada em que a gente pode criar 
e recriar a vida, 
a nossa própria imagem e semelhança 
e vestir-se com todas as cores 
e experimentar todos os sabores 
e entregar-se a todos os amores 
sem preconceito nem pudor. 


Tempo de entusiasmo e coragem 
em que todo o desafio é mais um convite à luta 
que a gente enfrenta com toda disposição 
de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO, 
e quantas vezes for preciso. 


Essa idade tão fugaz na vida da gente 
chama-se PRESENTE 
e tem a duração do instante que passa.


desconhecido

Você de olhos marcantes

Um ser de olhos marcantes, voz suave e corpo atraente... cruzou meu caminho pelos corredores dos passantes agitados... mas entre tantos você chamou atenção... buscou meu olhar e conquistou meu coração.
Mas, como na vida muitas coisas tem uma vírgula, aqui não é diferente... seu coração tem uma dona, uma doce dona confesso. Gostaria de ser outra pessoa, não ter a posição que tenho para poder extrair o melhor de você, certamente você tem muito a oferecer, posso ver isso em seus olhos...olhos marcantes.... desejo profundamente que a dona do seu coração, garotinha gritante, saiba dar valor ao que ela tem.... pois a vida dá voltas, quem sabe nossos caminhos não se encontram novamente, por ai, meio de bobeira, como quem não quer nada... e então poderemos lembrar de uma frase,algo como verde da esperança, vermelho da paixão.... A esperança de um grande amor, jamais deixa esquecer um momento de paixão....

By Julie... Princesa.... for .. olhos marcantes....
09.12.10

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

E pensar que ....

E pensar que por pouco não te perco.... essa minha alma ansiosa que não sabe se aquietar e deixar o tempo se encarregar dos recados transmitidos pelo olhar....
Mas depois de tanta loucura, desencontros.... finalmente pude sentir o seu doce beijo... posso ainda sentir seu perfume em mim, seus olhos nos meus.... amanhã a Deus pertence, hoje só me interessa você !!!
Estou em busca da palavra correta para dizer.... ainda estou como que num sonho, é verdade mesmo? Recebi mesmo seu beijo, seu olhar, seu carinho.... 
Nada como o passar dos dias, o crescimento da saudade, o nascimento de um sentimento.... 
Saiba que enquanto você quiser, estarei aqui para você, e só para você.... Do you believe in me ? I can believe in your eyes ???

By Julie For André...
08.12.10

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Frases

Dar bons conselhos - as pessoas gostam de dar o que mais necessitam. Considero isto a mais profunda generosidade.
Oscar Wilde

Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.
Martha Medeiros
               
Se soubéssemos quantas e quantas vezes as nossas palavras são mal interpretadas, haveria muito mais silêncio neste mundo.
Oscar Wilde

Loucos e Santos

Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila.
 
Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.
 
A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.
 
Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo.
 
Deles não quero resposta, quero meu avesso.
 
Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim.
 
Para isso, só sendo louco.
 
Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças.
 
Escolho meus amigos pela alma lavada e pela cara exposta.
 
Não quero só o ombro e o colo, quero também sua maior alegria.
 
Amigo que não ri junto, não sabe sofrer junto.
 
Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade.
 
Não quero risos previsíveis, nem choros piedosos.
 
Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça.
 
Não quero amigos adultos nem chatos.
 
Quero-os metade infância e outra metade velhice!
 
Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa.
 

Tenho amigos para saber quem eu sou.
 
Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril.
Oscar Wilde

A experiência é o nome que damos aos nossos erros.
Oscar Wilde

O mundo pode ser um palco. Mas o elenco é um horror.
Oscar Wilde

A educação é uma coisa admirável, mas é bom recordar que nada do que vale a pena saber pode ser ensinado.
Oscar Wilde

A única maneira de nos livrarmos da tentação é ceder-lhe.
Oscar Wilde

A melhor maneira de tornar as crianças boas, é torná-las felizes.
Oscar Wilde

Não peca quem peca por amor.
Oscar Wilde 

AMOR É SÍNTESE 

Por favor, não me analise
Não fique procurando cada ponto fraco meu.
Se ninguém resiste a uma análise profunda,
Quanto mais eu...
Ciumento, exigente, inseguro, carente
Todo cheio de marcas que a vida deixou
Vejo em cada grito de exigência
Um pedido de carência, um pedido de amor.

Amor é síntese
É uma integração de dados
Não há que tirar nem pôr
Não me corte em fatias
Ninguém consegue abraçar um pedaço
Me envolva todo em seus braços
E eu serei o perfeito amor.
( MÁRIO DE ANDRADE )

Nunca confie na mulher que diz a verdadeira idade, pois se ela diz isso... Ela é capaz de dizer qualquer coisa.
Oscar Wilde
 

Se você não consegue entender o meu silêncio de nada irá adiantar as palavras, pois é no silêncio das minhas palavras que estão todos os meus maiores sentimentos.
Oscar Wilde

Por detrás da Alegria e do Riso, pode haver uma natureza vulgar, dura e insensível. Mas, por detrás do Sofrimento, há sempre Sofrimento. Ao contrário do Prazer , a Dor não tem máscara.
Oscar Wilde

Saudade é um sentimento que quando não cabe no coração, escorre pelos olhos.
Bob Marley

Quando a boca não consegue dizer o que o coração sente o melhor é deixar a boca sentir o que o coração diz.
Gostar de alguém é função do coração, mas esquecer, não. É tarefa da nossa cabecinha, que aliás é nossa em termos: tem alguma coisa lá dentro que age por conta própria, sem dar satisfação. Quem dera um esforço de conscientização resolvesse o assunto (...).
Dificil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que se mais ama.
Eu desisti. Mas não pense que foi por não ter coragem de lutar, e sim por não ter mais condições de sofrer
Todos agem não apenas sob um constrangimento exterior mas também de acordo com uma necessidade interior. Albert Einstein
Todos agem não apenas sob um constrangimento exterior mas também de acordo com uma necessidade interior. Albert Einstein

A instrução é um esforço admirável. Mas as coisas mais importantes da vida não se aprendem, encontram-se.
Oscar Wilde

Que sorte têm os atores! Cabe a eles escolher se querem participar de uma tragédia ou de uma comédia, se querem sofrer ou regozijar-se, rir ou derramar lágrimas; isto não acontece na vida real. Quase todos os homens e mulheres são forçados a desempenhar papéis pelos quais não têm a menos propensão. O mundo é um palco, mas os papéis foram mal distribuídos.
Oscar Wilde

Se você não se atrasar demais, posso te esperar por toda a minha vida.
Oscar Wilde

O homem que vê os dois lados de uma questão é um homem que não vê absolutamente nada.
Oscar Wilde

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Penelope Viva - Voar por aí... entre palavras...



VAIDADE
Sonho que sou a Poetisa eleita,
Aquela que diz tudo e tudo sabe,
Que tem a inspiração pura e perfeita,
Que reúne num verso a imensidade!
Sonho que um verso meu tem claridade
Para encher todo o mundo! E que deleita
Mesmo aqueles que morrem de saudade!
Mesmo os de alma profunda e insatisfeita!
Sonho que sou Alguém cá neste mundo ...
Aquela de saber vasto e profundo,
Aos pés de quem a Terra anda curvada!
E quando mais no céu eu vou sonhando,
E quando mais no alto ando voando,
Acordo do meu sonho ... E não sou nada! ...

Florbela Espanca – Livro de Mágoas

Sonho que sou a Poetisa eleita, aquela que diz tudo e tudo sabe. Sonhar que queremos ser alguma coisa é normal e faz bem. Muitas vezes fecho meus olhos e sonho que posso fazer o que quiser, sonho coisas bobas como ter dinheiro para comprar muitas roupas e exibi-las às minhas amigas. Enfim, fico imaginando muitas coisas que gostaria de fazer, mas não posso e não devo. Dizer tudo o que tenho vontade eu digo, raramente escondo as coisas que quero falar, mesmo sabendo que pode ferir alguém. Saber tudo ... ah, isso eu não sei, ás vezes me sinto a dona da verdade, querendo que só o meu conhecimento alimente todo mundo e seja suficiente para um debate, mas não é assim, saber tudo mesmo, só Deus. Inspiração, como tem sido difícil encontrar isso ultimamente, a vida anda me cansando tanto, que algumas vezes não consigo olhar ao redor e sentir o vento, quanto menos ter inspiração por algo, procuro me esforçar. Pura e perfeita, será que existe inspiração pura e perfeita¿ Para mim a inspiração vem de qualquer coisa, até das mais repugnantes. Compartilho do mesmo sonho que Florbela, gostaria muito que um verso meu tivesse claridade para encher o mundo, isso seria muito prazeroso, mas eu vivo em busca do verso perfeito, raramente consigo achá-lo, confesso ser esse um dos meus maiores buracos na alma. Ter os versos deleitando alguém, ainda mais aqueles que morrem de saudades, deve ser o paraíso, indizível. Coitados dos que morrem de saudades, na verdade a saudade é algo que nos mata dia a dia sem percebermos, cada vez que pensamos em alguém que nos deixa saudades, é como se aquela pessoa estivesse ali presente, nossa alma faz tanta força para acreditar nisso que não consegue voltar a sanidade e ai que começa a loucura. Deleitar os de alma profunda e insatisfeita não é meu papel, posso amenizar alguma dor, porém o interior a Deus pertence e só ele tem o poder de conhecer e fazer algo para mudar. Florbela devia estar se sentido muito pra baixo quando escreveu essa poesia, mas mesmo assim não tem como não notar a beleza e a profundidade dos seus versos, poesia pura, cheia de sentimentalismo e emoção, mas ela sonhava em ser alguém cá neste mundo, eu não sonho, eu sei que sou, e ouso dizer que já fui o mundo de alguém que não está mais neste mundo. Florbela devia estar sentido falta de conhecimento, talvez alguém tivesse pedido um conselho a ela e não conseguia corresponder a essa pessoa, e por isso pedia tanto sabedoria. Podemos ter, mas devemos nos esforçar para isso, e também compreender que a sabedoria está nas pequenas coisas. Não desejo que a Terra se curve a mim, quero apenas que ela suporte tantas pessoas sugando ela sem se importar, e que fosse ao contrário, as pessoas se curvando à Terra e entendendo que é dela que vem nosso sustento. Sonhar, sonhar, sonhar e ir longe no azul deste céu, voar, voar, voar para bem longe sem precisar voltar... e acordar sim... mas perceber que é possível ser alguém, alguém que saiba agradecer... ao menos agradecer...

PV – 11.09.10



Penelope Viva - Desejo

Desci rapidamente do ônibus e caminhei pela praça Rui Barbosa sentido Pedro Ivo. Estava com fome, procurei algum lugar decente para comer, acabei achando o Sonhos e Sonhos, entrei fiz meu pedido e sentei. Ao sentar coloquei as mãos sobre o rosto, fechei os olhos, respirei fundo, senti meu cérebro com muito oxigênio:
“Tô passando mal! Não sei se de fome ou de desejo”
Me assustei com meu próprio pensamento, confesso. Tem momentos que não sei como encarar meu corpo, entender o que ele sente e suas necessidades. Tem dias que acordo com uma necessidade de ser tocada, beijada, agarrada e por aí vai. Acho vulgar ser assim tão descarada e falar que preciso de ... é isso aí mesmo. Prefiro ser mais sutil, afinal, para bom entendedor, meia palavra basta, neste caso apenas reticências.
Puxa vida, sinceramente não sei como lidar com isso. Se eu fosse uma mulher sem compromisso com nada, que joga tudo para o alto em troca de uma noite, ou que simplesmente não se valoriza, seria bem fácil acabar com esse desejo, fogo, necessidade, ou seja lá qual for o nome disso. Homens para mim são coisas que não me faltam, digo no sentido de sempre ser cantada, ser olhada e paquerada. Tenho vários contatos no telefone nos qual bastaria uma mensagem e teria um encontro com um objetivo.
Sinceramente não gosto disso. Nesse caso prefiro engolir a seco os desejos do que afogar-me depois na angustia, no vazio. Ter uma noite de pura loucura, para no dia seguinte se sentir a pior das pessoas não é comigo. Já fiz isso, não quero repetir, meu amor próprio, respeito próprio fala mais alto. Sei que sou meio doida, faço umas coisas doidas, mas até para a loucura existe um limite, eu penso que sim.
Mas o sentimento foi muito intenso, mas passou, sempre passa. Volta, sempre volta, mas passa de novo.
By Penelope Viva – 03.09.10

Eu sei e você sabe


Eu sei e você sabe
Já que a vida quis assim
Que nada nesse mundo levará você de mim
Eu sei e você sabe
Que a distância não existe
Que todo grande amor
Só é bem grande se for triste
Por isso meu amor
Não tenha medo de sofrer
Que todos os caminhos
Me encaminham a você.

Assim como o Oceano, só é belo com o luar
Assim como a Canção, só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem, só acontece se chover
Assim como o poeta, só é bem grande se sofrer
Assim como viver sem ter amor, não é viver
Não há você sem mim
E eu não existo sem você!

William Shakespeare

A paixão aumenta em função dos obstáculos que se lhe opõe.
William Shakespeare
Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar.
William Shakespeare
Lamentar uma dor passada, no presente, / é criar outra dor e sofrer novamente.
William Shakespeare