quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Sol

O sol, mesmo sendo tão importante, todos os dias se põe para que a noite possa também brilhar. A noite brilha sim, mas porque tráz a lua junto dela. O sol é importante porque tem o dia. A noite é importante porque tem a lua. Mas nem o dia, nem a noite, nem o sol nem a lua seriam alguma coisa se não trabalhassem juntas. Cada uma sabe seu lugar e seu momento. E nenhuma invade o espaço do outro muito menos a obriga a fazer algo. Pensando nessas coisas, faço uma comparação com o amor. Sol, dia. Lua, noite. Eu e você. Claro que eu existo sem você e você sem mim. Mas a questão aqui é o coração, aquilo que chamamos de sentimento. Jamais podemos obrigar alguém a nos amar, nos aceitar, correr para nossos braços e andar junto e isso não farei com você. O sol se põe para então no outro dia nascer de novo e cumprir com majestade seu papel. Nós não vemos, mas o sol está lá, apenas pára de brilhar no nosso lado da Terra. Assim deve também ser o amor. Deve se pôr por um tempo, deixar de brilhar para então nascer de novo com todo seu esplendor. Mas quando essa reclusão permanece por tempos, dias, semanas? Pode ser que nunca mais volte, significa que morreu? Não há como saber, e nisso contamos com o tempo, só ele tem a resposta. Hoje eu sou um dia sem sol, uma noite sem lua. Uma vida sem brilho, um coração dolorido, apertado. Meus olhos não conseguem mais te enxergar, minha mente não consegue mais lembrar do seu semblante. Minhas dúvidas estão sendo esclarecidas. E acredito que a maior resposta é: você não soube me amar. Espero que não seja: você não quis me amar. Pois me querer eu sei que você quis, seu beijo, seu olhar, sua presença aquele dia te entregou. O caso é que você não soube o que fazer com os desejos de uma mulher. Você é apenas um garoto. E eu, simplesmente uma mulher. Lembra no começo que falei sobre o dia, o sol, a noite e a lua trabalherem juntas? então... sem eu e você, jamais poderei chamar de amor aquilo que sinto. Pois o amor é feito de duas pessoas, quando apenas uma pensa que ama, na verdade não passa de ilusão.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Frases

Os maiores poetas sofriam do coração... e não é de enfarto que estou falando.

===========================
O difícil atrai, o impossível desanima.






Arte de Amar Manuel Bandeira


Se queres sentir a felicidade de amar, esquece a tua alma.
A alma é que estraga o amor.
Só em Deus ela pode encontrar satisfação.
Não noutra alma.
Só em Deus — ou fora do mundo.
As almas são incomunicáveis.

Deixa o teu corpo entender-se com outro corpo.

Porque os corpos se entendem, mas as almas não

Coisas de hoje... madrugada... enfim----Janeiro. 11.

passado é passado. sempre.ponto. mas quando olho para o meu...sério, não sei o que pensar. não sei quem é aquela menina. não sei quem é aquela pessoa. não me reconheço em lembranças. fotografias. não sei dizer se o que vivi foi real. mentira. bom.ruim. quanta coisa tinha em minha mente. esquecido. quanta coisa tinha em meus sonhos. roubados. quantos valores havia em minha pessoa. perdido. quantas pessoas haviam em minha vida. apagadas. quanta coisa vivi... sem saber perceber uma única razão, uma única esperança. simplesmente meu passado eu exclui. estou tentando escrever algo novo. está difícil. mas eu vou conseguir. não estou viva á toa.





Meu coração está apertadinho... com uma dor lá no fundinho.... é ruim conviver com dúvidas, incertezas, frustrações, mudanças... é pior ter tanta coisa pra falar e não poder abrir a boca porque sabe que será mal interpretada como exagerada. O sentimento que habita em mim é cruel, egoísta, desumano, avassalador. Viver na solidão ainda é a forma mais barata e sensata de evitar a dor