sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

O preço da desobediência - Testemunho


Não gosto de expor certas coisas no face porque nem tudo interessa a todos. Mas hoje eu preciso compartilhar algo que aconteceu comigo e quero que sirva de lição não só pra mim. Essa lição trata-se de dar atenção aos avisos que Deus envia. Dezembro de 2014 iniciei um processo seletivo em uma das maiores instituições educacionais do mundo. Venci 30 candidatos, mas recebi a confirmação de que a vaga era minha no final de janeiro de 2015. Durante o tempo de incerteza eu orei muito e procurei por outras vagas. Consegui uma vaga de professora de Língua Portuguesa em um bom colégio particular de Curitiba. Aceitei a proposta e estava tudo certo. Então, veio a notícia de que eu havia conquistado a vaga na outra instituição, salário astronômico, mais que o dobro do colégio particular. Assim começou a dúvida: recusar a proposta do colégio particular e aceitar a outra. No colégio particular eu faria o que realmente amo: dar aulas de Língua Portuguesa. Na outra instituição eu teria um cargo de instrução, mas não tinha absolutamente nada a ver com LP. Nesse tempo consultei a Deus e ele me respondeu dizendo claramente que se eu aceitasse essa vaga eu choraria muito. Resolvi arriscar e aceitei o emprego e a única razão era por causa do salário, afinal, estava na hora de ganhar bem, não é mesmo? Estava na hora de fazer parte de uma grande Instituição, não é mesmo? Eu merecia isso ! Pois bem, aceitei e então iniciou-se na minha vida um dos piores períodos profissionais. Não houve um momento sequer de paz e alegria dentro daquela instituição. Não culpo aquelas pessoas e nem aquele lugar, somente eu fui culpada por tanto desgosto. Eu sabia que não seria feliz lá e mesmo assim fui em frente. O que ganhei? A conta, claro. Fui demitida no dia que vencia a experiência. Eu não fazia ideia sobre isso, pois até o dia seguinte os planos estavam caminhando e eu estava me esforçando ao máximo para dar tudo certo. Eu não executei por nenhum dia a função pela qual eu fui contratada, fiz diversas coisas, coisas que nem eram do meu perfil profissional, mas fiz o melhor. Um dia antes de ser demitida houve uma reunião e até fiquei pensando: até que enfim vou poder exercer minha função! Só que não. E além de ter sido pega de surpresa, tive que ouvir inverdades ao meu respeito e nesse dia chorei. Chorei tanto quanto Deus havia me mostrado por meio de um sonho. Até hoje não consegui me reestabelecer profissionalmente e financeiramente. Tenho tentado caminhar, mas o preço pela desobediência custa muito caro, tão caro que se não for pela fé, humilhação e arrependimento não é possível pagar. Hoje encerra-se um ciclo de doze meses e minha esperança está em Deus ter me perdoado de tamanho engano e restituir tudo o que perdi. Assim creio. Se você receber uma direção clara de Deus a respeito de qualquer coisa, não hesite em obedecê-lo tão rápido quanto um raio no céu!